Colocando o Jenkins pra rodar em 5 minutos

A pouco tempo atrás ter uma máquina rodando Jenkins era uma tarefa complexa e demorada, contudo com o advento do Docker isso fico pra trás.

Agora é possível colocar o Jenkins, com diversos plugins, pra rodar em 5 minutos (ou quase isso :D).

Passo 1 – Instalar o Docker

Simplificando, Docker é uma forma de executar uma “máquina virtual” (tá bom, eu sei que não é isso mas foi a forma mais simples de explicar :D). A grande vantagem do Docker é que ele possui máquinas pré-configuradas, o que se torna uma mão na roda para nosso dia a dia corrido.
Para instalar, basta baixar desse link e seguir os passos para cada plataforma.

Passo 2 – Iniciar a máquina Jenkins

O comando abaixo vai buscar no repositório do Docker uma máquina/imagem com o Jenkins, essa imagem é baseada em uma distribuição super reduzida (cerca de 8 MB) do Linux chamada Alpine. Após isso ele vai iniciar o Jenkins com a configuração padrão.

docker run -p 8080:8080 -p 50000:50000 jenkins/jenkins:lts

Se tudo deu certo, o Docker começará a baixar a máquina com o Jenkins.

Passo 3 – Acessando o Jenkins pela primeira vez

O próximo passo observe os logs, nele irá aparecer a senha administrador, ela será necessária para ao acessar a tela de administração pela primeira vez. Essa senha é gerada automaticamente quando o Jenkins inicia.Após isso basta acessar a url http://localhost:8080 e colocar a senha gerada no passo anterior.

Clique em Continue

Passo 4 – Instalando os principais Plugins

Agora ele irá perguntar se deseja fazer uma instalação básica ou instalar os plugins mais comuns.Então é apresentada a tela de progresso da instalação dos plugins.

Passo 5 – Definindo a senha administrador

Nesse ponto você poderá definir a senha administrador. Apenas preencha os campos conforme abaixo e clique em Save and Finish.

Prontinho, seu Jenkins está pronto para uso.

Basta clicar em Start using Jenkins para ter acesso a tela principal e sair criar Jobs para facilitar sua vida.

Importante: para garantir que seus dados sejam salvos após reiniciar sua máquina você deve explicitamente colocar o diretório de instalação, colocando o parâmetro -v jenkins_home:/var/jenkins_home conforme abaixo:

docker run -p 8080:8080 -p 50000:50000 -v jenkins_home:/var/jenkins_home jenkins/jenkins:lts

Bom, era isso. Simples não?

Para maiores detalhes, você pode olhar diretamente no README do Jenkins Docker no GitHub: https://github.com/jenkinsci/docker/blob/master/README.md

Facebook

Deixe seu comentário